Ranking das 40 cidades brasileiras para se viver com mais de 60 anos

1162

Cuidados de saúde, habitação, trabalho e cultura foram alguns dos aspectos avaliados para a definição de um ranking de 40 cidades brasileiras com boas condições de vida para as pessoas com mais de 60 anos. Elaborado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), o estudo avaliou 348 cidades que têm entre 50 mil e 100 mil habitantes, estruturando o Índice de Desenvolvimento Urbano para a Longevidade. Um dos fatores levados em conta foi o clima, excluindo da lista os municípios que apresentam alta frequência de dias com temperaturas elevadas, chuvas intensas ou baixa umidade.

Das 40 melhores cidades para quem têm mais de 60 anos, 30 estão na Região Sudeste, das quais 25 no estado de São Paulo. O ranking é liderado por São João da Boa Vista, município paulista com 88 mil habitantes, com baixa ocorrência de mortes por armas de fogo, 13 unidades de saúde e dois hospitais. Ainda no estado de São Paulo, fazem parte da lista, pela ordem de classificação, Vinhedo, Lins, Fernandópolis, Tupã, Votuporanga, Itapira, Bebedouro, Jaboticabal, São José do Rio Pardo, Paulínia, Olímpia, Jaguariúna, Mogi Mirim, Batatais, Avaré, Matão, Capivari, Pirassununga, Mirassol, Taquaritinga, São Roque, Cruzeiro, Ibitinga e Andradina.

O ranking inclui cinco cidades do Rio Grande do Sul (Lajeado, Ijuí Esteio, Montenegro e Farroupilha), quatro do Paraná (Pato Branco, Marechal Cândido Rondon), Francisco Beltrão e Cianorte), três de Santa Catarina (Rio do Sul, Videira e Concórdia) e duas de Minas Gerais (Lavras e Alfenas e Itajubá).

Fonte: Exame