Fique de olho no prazo de validade dos medicamentos, evitando a perda de eficácia

1260

A regra vale para todos os medicamentos, sejam eles controlados ou de venda livre: segundo determinação da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), órgão vinculado ao Ministério da Saúde, os remédios devem trazer na embalagem as datas de fabricação e de validade (mês e ano).

Qual o risco de tomar um medicamento com prazo de validade vencido? Na maior parte dos casos, o prejuízo maior é a perda da eficácia. Isso porque a data-limite para uso do produto é estabelecida pela indústria farmacêutica com base em testes específicos para avaliar a estabilidade dos elementos ativos de sua fórmula.

Cuidado especial merecem os medicamentos de uso contínuo, como os utilizados por pacientes com doenças crônicas, entre elas diabetes e hipertensão. Esses pacientes precisam contar com a eficácia dos remédios consumidos para manter sua saúde sob controle. É preciso atenção, também, com antibióticos: com validade vencida, eles se degradam, podendo gerar substâncias químicas nocivas à saúde.

O melhor é, de tempos em tempos, dar uma olhada nos remédios armazenados em casa, checando se estão todos no prazo de validade e se estão sendo conservados em condições adequadas, longe da umidade, do calor e da exposição solar. E, antes de tomar um medicamento que estava guardado na farmacinha de casa, é sempre importante conferir se ainda está dentro do prazo.