Um programa da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED) de São Paulo está removendo as barreiras para que pessoas com deficiência também tenham o direito de curtir espetáculos de teatro, dança, shows e oficinas.

É o projeto Cultura Inclusiva, que, desde março deste ano, oferece uma programação mensal de mais de uma dezena de espetáculos gratuitos com recursos de libras, audiodescrição e estenotipia. O programa disponibiliza ainda um micro-ônibus com espaço para até cinco cadeiras de rodas para buscar e levar grupos de pessoas com deficiência para o evento desejado. Basta fazer a inscrição previamente.

Segundo o secretário municipal da pasta, Cid Torquato, o resultado tem sido emocionante. “Vemos muitos casos de crianças e até adultos que nunca tinham ido a um teatro ou show, seja por falta de informação ou de recursos de acessibilidade ou até mesmo pelo deslocamento”, afirma.

Voz e visibilidade

De acordo com Cid Torquato, um dos grandes desafios da SMPED é promover a participação e inclusão de pessoas com deficiência na cidade de São Paulo. “Essas iniciativas visam não só ‘tirar as pessoas de casa’, mas também dar voz e visibilidade a elas, incentivando a interação com outros públicos e estimulando a sociedade a criar cada vez mais discussões e eventos acessíveis a todos”, diz.

Com uma seleção variada de espetáculos, o Cultura Inclusiva consegue atingir públicos de todas as idades. A programação é divulgada no início de cada mês no site da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência. Os grupos interessados em participar podem se inscrever para o transporte gratuito ou ir por conta própria.

O secretário informa que o Museu do Futebol aderiu ao programa Cultura Inclusiva e oferece visitas monitoradas com recursos de acessibilidade em duas quintas-feiras por mês. Com apoio da equipe da SMPED e monitores do museu, grupos do CAPS e da AACD visitaram o local.

No Dia das Crianças, o espetáculo infantil “Era uma Vez um Tirano”, no Centro Cultural São Paulo, ofereceu recursos de audiodescrição e Libras. O Cultura Inclusiva levou um grupo de 42 pessoas, entre crianças (pacientes), pais e equipe do Centro Especializado em Reabilitação (CER) Flávio Gianotti, da Prefeitura de São Paulo.

O programa também promoveu visitas guiadas para a 33ª edição da Bienal de São Paulo, entre eles alunos surdos da escola municipal Madre Luci Bray. “E estamos abertos para receber mais parceiros e ampliar as opções do circuito cultural da cidade para pessoas com deficiência”, afirma.

Outros ganhos são a integração do público que já frequenta esses espetáculos com pessoas com deficiência e a ampliação da oferta de recursos de acessibilidade comunicacional.

Confira a programação de dezembro:

 

Gran Circo Bla Bla Bla (Festival de Natal)

Dia: 15/12, às 16h

Local: Largo São Francisco (Centro Histórico)

Serviços: Tradução para Libras

 Jornada de um Imbecil até o Entendimento

Dia: 15/12, às 17h

Local: Centro Cultural São Paulo

Serviços: Tradução para Libras e Audiodescrição

Zezé Motta (Festival de Natal)

Dia: 15/12, às 19h

Local: Praça do Patriarca (Centro Histórico)

Serviços: Tradução para Libras

Cora da Vila (Festival de Natal)

Dia: 18/12, às 18h

Local: Pátio do Colégio (Centro Histórico)

Serviços: Tradução para Libras

Ayrton Montarroyos e Luiza Possi (Festival de Natal)   

Dia: 19/12 às 18h

Local: Pátio do Colégio (Centro Histórico)

Serviços: Tradução para Libras

Samba de Natal – Samba Sinhá – Show de música e dança (Festival de Natal)

Dia: 20/12, às 18h

Local: Largo da Misericórdia (Centro Histórico)

Serviços: Tradução para Libras

Vilancicos e Cantigas de Natal (Festival de Natal)

Dia: 22/12 às 17h

Local: Largo São Bento (Centro Histórico)

Serviços: Tradução para Libras

Maria Alcina (Festival de Natal)

Dia: 23/12, às 19h

Local: Praça do Patriarca (Centro Histórico)

Serviços: Tradução para Libras

Acesse a programação de cada mês nos sites e redes sociais das Secretariais Municipais de Cultura e da Pessoa com Deficiência. As solicitações de transporte devem ser feitas por e-mail para cerimonialsmped@prefeitura.sp.gov.br ou pelo telefone (11) 3913 – 4009. Os ingressos são retirados, gratuitamente, no próprio local dos eventos.

Editora Conteúdo/Abgail Cardoso