Mais do que saudável, sua cozinha pode ser sustentável e evitar o desperdício

469

Nada menos do que um terço dos alimentos produzidos no mundo – cerca de 1,3 bilhão de toneladas – se perde antes de chegar ao consumidor final, segundo estimativas da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Desse total, quase a metade (aproximadamente 45%) são frutas, legumes e outros vegetais.

Para combater esse desperdício, nutricionistas, economistas e ambientalistas se unem para defender o aproveitamento integral desses alimentos, colaborando para uma vida mais saudável e, também, para diminuir a geração de lixo.

Problemas na colheita ou no armazenamento contribuem para essas perdas. Parte delas, porém, se deve ao hábito de jogar fora cascas, talos e folhas. Por falta de conhecimento de suas propriedades nutritivas, importantes fontes de vitaminas, minerais e fibras são descartadas na hora de cozinhar.

Uma pesquisa feita pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI) mostrou que as cascas das frutas têm muitas vezes mais nutrientes e fibras do que as polpas. Um exemplo é a laranja: sua casca tem cerca de 600 mg de potássio e quase 480 mg de cálcio. Na polpa, esse volume é bem menor: aproximadamente 130 mg de potássio e pouco menos de 15 mg de cálcio.

Dicas para um consumo saudável e sustentável

Confira algumas dicas para diminuir o desperdício em sua cozinha e para comer melhor, gerando menos resíduo.

  • Talos de verduras como couve, beterraba e brócolis contêm fibras e podem ser usados em recheios de torta ou em “escondidinhos”. Já o talo do agrião pode incrementar o molho de pesto de manjericão.
  • Ramos de cenoura podem ser ingrediente no preparo de bolinhos. Podem, também, substituir a salsinha, pois têm aspecto e sabor semelhantes.
  • As cascas de batata, mandioquinha e cenoura podem ser assadas ou fritas, transformando-se num bom aperitivo.
  • Já as cascas de laranja podem ser caramelizadas e servidas com o cafezinho. Ou, então, podem se transformar em compotas.
  • A parte branca da melancia ralada dá a base para uma “cocada” diferente.
  • É na água do cozimento que se concentram vitaminas como as do complexo B. Use essa água para preparar arroz ou macarrão.
  • Planeje suas compras, assim você só compra o necessário e evita desperdício de alimentos e gastos desnecessários.
  • Antes de preparar as refeições, pense na quantidade de pessoas que irá servir, para evitar sobras.

Editora Conteúdo/Abgail Cardoso